Seguro viagem geral 728x90

Visto Americano de Viagem – Como Faço Para Tirar (Visto de Estudante)

Quem tem o desejo de estudar nos Estados Unidos deve saber que é necessário ter o visto de viagem americano para estudante.

Esse documento é tão importante quanto o passaporte, pois é ele que vai autorizar sua permanência no país.

Como faço para tirar visto de viagem americano para estudante?

Já aprendemos aqui no Viajantes de Primeira Viagem como tirar o visto de categoria B, válido para turismo, negócios e tratamento médico, agora vamos mostrar como proceder para tirar o de estudante.

Antes de começarmos, é essencial que você saiba que para tirar o visto de estudante é obrigatório ter o passaporte de viagem, pois é através dele que o visto é emitido. Caso não tenha passaporte ou o seu esteja inválido, confira nosso artigo PASSAPORTE DE VIAGEM – COMO FAÇO PARA TIRAR? que ensina como tirar ou renovar este documento.

Agora sem mais delongas vamos às explicações:

Tipos de Visto de Estudante

Existem três tipos de visto de viagem para estudante nos Estados Unidos:

F1 – Estudantes em Tempo Integral

Este visto é para pessoas que pretendam estudar em Universidades ou outras instituições acadêmicas nos Estados Unidos ou um programa de treinamento de idiomas, cuja carga horária é integral.

Imagem de um livro aberto em um mapa e um par de óculos sobre ele.
Foto: via Pixabay

Observações:

De acordo com a Lei de Imigração e Nacionalidade (INA) este visto não é permitido para estudantes estrangeiros que pretendam estudar em escolas públicas de ensino fundamental ou programas de adultos com financiamento público, somente instituições privadas.

Só é permitido estudar em escolas públicas de ensino médio. Nesse caso o visto só é válido por 12 meses e o estudante precisa apresentar documentos que comprovem o pagamento do valor total do curso.

Já nas instituições privadas esta regra não é válida.

M1 – Estudantes de Escolas Técnicas

Já este serve para estudantes de cursos em escolas técnicas profissionalizantes.

J-1 – Estudantes de Intercâmbio

Este visto é destinado a estudantes intercambistas, cuja viagem é providenciada por alguma organização americana ou agência do governo.

Como funciona o procedimento para tirar o visto?

Formulários

No caso dos vistos F-1 e M-1, o estudante deverá entrar em contato com a instituição que pretende estudar e se for aceito receberá o formulário I-20. Este documento é importante, pois é através dele que você poderá solicitar o visto de estudante F-1 ou M-1.

Já com o visto J-1, caberá à organização americana ou agência do governo que está providenciando a viagem enviar o formulário DS- 2019 ao estudante para que ele possa fazer o pedido de solicitação do visto.

Acesse o site J-1 VISA para saber mais informações sobre as exigências e regulamentações do programa de intercâmbio nos EUA.

Os estudantes deverão preencher o formulário corretamente.

Encontre ofertas em seguro viagem na REAL SEGURO VIAGEM:

Taxa SEVIS (Student and Exchange Visitor Information System)

Estudantes que participam dos programas Au Pair, Work Program, Trainee, curso de inglês e High School devem pagar a taxa SEVIS.

Trata-se de um sistema online que contém um banco de dados de estudantes estrangeiros e visitantes de intercâmbio. Esse programa foi criado para haver um controle sobre a entrada e saída, assim como os movimentos dos estudantes e visitantes estrangeiros, para que eles cumpram as condições dos vistos e não permaneçam no país por mais tempo que o determinado.

A instituição de ensino escolhida pelo estudante deverá cadastrá-lo no sistema.

Imagem da página inicial do site SEVIS.
Foto: via SEVIS

Para pagar a taxa o estudante deve acessar na página SEVIS do site oficial de imigração dos EUA, acessar seu cadastro e efetuar o pagamento da taxa através de cartão de crédito ou débito. O pagamento deve ser feito em, pelo menos, três dias úteis antes da aplicação do visto.

Agendamento de Entrevistas

O estudante deverá agendar duas entrevistas: uma no CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) e outra na Seção Consular.

Imagem de primeira etapa para o cadastro no site para agendamento de entrevista no consulado.
Foto: via AIS USVISA

Estudantes que participam do programa Fullbright ou outro patrocinado pelo governo dos EUA deverão agendar as visitas através do site Brasil Official U.S Department of State Visa Appointment Service.

Caso contrário poderá fazê-lo através dos telefones contidos na página de contato do site ou via Skype, cujo endereço também se encontra nessa página.

É importante que você saiba que o agendamento no CASV deve ser feito anteriormente ao Consulado, já que a foto e as digitais que serão tiradas no primeiro lugar deverão ser apresentadas no segundo.

Encontre a hospedagem ideal para você no BOOKING.COM:


Booking.com

Visita ao CASV

Ao ir ao CASV você deverá levar:

– passaporte válido, por pelo menos, seis meses;

– formulários preenchidos (I-20 ou DS-2019);

– comprovante de pagamento da taxa SEVIS;

– documentos pessoais.

No local o estudante tirará uma foto e suas digitais através do sistema biométrico.

Observação: por segurança os solicitantes não poderão entrar no CASV com bolsas grandes, mochilas, objetos cortantes ou inflamáveis, celulares e outros equipamentos eletrônicos.

Visita à Seção Consular

No Seção Consular será feita uma entrevista com o oficial consular que deverá autorizar ou negar o visto ao estudante.

Como os oficiais costumam solicitar documentos a mais que comprovem seus recursos, situação e residência no país de origem. É bom levar:

– Imposto de renda;

– Extratos bancários referentes aos últimos três meses;

– Contracheques ou holerites dos últimos três meses;

– Declaração de faculdade;

– Certidão de casamento, entre outros.

Observações:

A mesma regra do CASV quanto à entrada de bolsas, mochilas e objetos cortantes também vale para o consulado.

Não compre passagens ou reserve hotéis até que tenha o visto em mãos, pois demora em torno de 10 dias úteis para ficar pronto e ser entregue juntamente com o passaporte, podendo demorar ainda mais, caso seja necessário e o oficial peça documentos que você não tenha levado no primeiro dia.

Em caso de jovens que não declaram imposto de renda, não trabalham ou não tenham condições de comprovar vínculos, o ideal é inserir um dos pais ou responsável como autor de seus gastos de viagem. Dessa forma você deverá levar toda a documentação do patrocinador e criar uma carta de custeio.

Se uma empresa está patrocinando sua viagem, a carta deve ser feita em papel timbrado.

Em caso de crianças, idosos e renovação como se encontra no programa de isenção de entrevista não é necessário ir ao consulado.

Quando estiver no consulado o estudante deverá solicitar o formulário conhecido como “Affidavit” ou “Support”, que deverá descrever as condições financeiras relativas à maneira como pretende custear os gastos durante o tempo que ficará nos Estados Unidos.

Imagem de 4 caixas de correio de perfil.
Foto: via Pixabay

Retirada do Visto

O visto deverá ser enviado em 10 dias úteis se for aprovado para o endereço que você forneceu durante o agendamento ou retirado em uma agência DHL (empresa de serviços postais e logística internacional) que você escolheu.

Pronto! Agora é só esperar o visto ficar pronto e ir buscá-lo, juntamente com o passaporte no posto de atendimento escolhido.

OBSERVAÇÕES:

Caso seu visto contenha algum erro de digitação você deverá entrar em contato com a Seção Consular que compareceu para que seja feita a correção. Os contatos são fornecidos através do site Brasil Missão Diplomática dos Estados Unidos.

Se o pedido de visto for negado, o oficial consular enviará uma carta ao solicitante explicando o motivo da recusa, assim como as informações necessárias para realizar o processo novamente.

Informações Adicionais

Cônjuges e Filhos

Cônjuges e filhos que tenham idade menor de 21 anos que pretendem acompanhar o solicitante do visto F-1 ou M-1 devem requerer o visto F-2 ou M-2, requerendo-o da mesma forma que o titular.

Já os cônjuges e filhos que não pretendem morar juntamente titular do visto, mas tenham a intenção de viajar ocasionalmente podem solicitar o visto de turismo (categoria B). Caso queira saber como retirá-lo, confira este post que explica como funciona todo o processo.

Trabalho

O estudante só tem permissão para trabalhar nos Estados Unidos com o visto F-1. Já os titulares do visto M-1 só recebem autorização mediante exigência do curso, se houver necessidade de formação prática. Mas nesse caso ainda deverão ter aprovação prévia do Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS).

Já as pessoas que tem visto F-2 ou M-2 só poderão trabalhar, caso consigam vistos apropriados para o trabalho pretendido.

Esperamos que as informações tenham ajudado. Caso tenham ficado com alguma dúvida, comentem.

Fontes – Estados Unidos Brasil, Missão Diplomática dos EUA Brasil, Brasil Official U.S Department of State Visa Appointment Service

E se curtiram o artigo, compartilhem com seus amigos nas redes sociais:

 photo banner real seguro 468 x 60_zpsgvj8olhy.jpg

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!