Seguro viagem geral 728x90

Por que Realizar uma Viagem Para a Patagônia?

A Patagônia é o destino ideal para os aventureiros e amantes da natureza.

Essa bela região se encontra entre a Argentina e o Chile, sendo formada por montanhas, florestas e lindos lagos. Um lugar perfeito para fazer trilhas e praticar esportes radicais.

Mas por que realizar uma viagem para a Patagônia?

Acompanhe-nos neste artigo e confira o que a região tem de melhor para oferecer a você.

A Proximidade

Uma das primeiras razões para visitar a Patagônia é a proximidade desse belo lugar com o Brasil.

Basta viajar para Buenos Aires, a capital da Argentina ou Santiago, capital do Chile e apanhar voos internos para as regiões que compreendem a Patagônia.

Na Argentina, por exemplo, ela é formada pelas províncias de Neuquén, Río Negro, Chubut e Santa Cruz, enquanto que a parte chilena compreende a extremidade meridional de Valdívia, a região de Los Lagos, no Lago Llanguihue, Chiloé, Puerto Montt e o sítio arqueológico de Monte Verde.

Imagem de estrada na Patagônia, ao fundo picos nevados.
Foto: Patagônia – Pixabay

Além disso, viajar para estes países é muito menos burocrático, pois não é necessária a apresentação de passaporte.

Basta ter um RG recente e identificável e poderá permanecer no local por até 90 dias.

Viajar na Melhor Época do Ano

Imagem de pessoa caminhando em trilha em meio a um vale em Torres del Paine, na Patagônia.
Foto: Trilha em Torres del Paine, Patagônia – Pixabay

A melhor época do ano para visitar a Patagônia é entre novembro e março, durante o verão. Pois além das temperaturas serem mais amenas, compreendendo de 13 a 20 °C, o dia é mais comprido, amanhecendo às 4h e anoitecendo às 23h.

Dessa forma é possível realizar passeios mais longos e aproveitar bem mais a luz do sol.

Observação: apesar de a temperatura ser amena, nessa época venta muito, por isso a sensação térmica pode ser bem menor, assim é indicado levar casacos.

Quem gosta de tranquilidade pode viajar durante o inverno, em que há menos turistas e não há ventos fortes, o que torna a caminhada pela neve mais fácil.

E ainda por cima você pode aproveitar e visitar as estações de esqui que se encontram nas proximidades e praticar este tão famoso esporte.

No entanto os dias são mais curtos, sendo que o sol nasce tarde (entre 8h e 9h) e se põe mais cedo (17h), além de nevar bastante nessa época do ano.

Curtir a Natureza

Imagem de pinguins de magalhães na Patagônia.
Foto: Pinguins de Magalhães, Patagônia – Pixabay

Na Patagônia você vai poder curtir de perto a natureza, pois a região é dotada de lindas paisagens e incríveis atrações.

Na província de Rio Negro, mais precisamente na cidade de Bariloche você vai poder visitar o lago Nahuel Huapi, onde poderá praticar canoagem e windsurf.

Por ele você também poderá realizar a famosa travessia dos lagos andinos e conhecer Puerto Montt, no Chile.

Em San Martin de Los Andes há uma estância chamada Junín de los Andes, onde é possível montar a cavalo, pescar com fly e realizar trilhas em montanhas.

No local também se encontra o Parque Nacional Lanín que contém florestas de araucária, vulcões nevados e lagos de água cristalina.

Em El Calafate você vai poder conferir o glaciar Perito Moreno, um belo patrimônio natural. Além disso, a vila conta com ótimos hotéis, boa comida e diversas lojinhas para compra de artesanato e roupas de inverno, assemelhando-se a Campos do Jordão no Brasil.

Em El Chaltén se encontram os picos Fitzroy e Cerro Torre, assim como as Torres del Paine que se encontram no lado chileno da fronteira. Um lugar perfeito para alpinistas e mochileiros.

As cidades litorâneas Viedma, Trelew, Comodoro Rivadavia e Río Gallegos são perfeitas para observar os animais como baleias brancas, leões marinhos, pinguins de Magalhães e diversas espécies de pássaros.

Em Puerto Madryn você poderá explorar a Península de Valdés e observar de perto a vida dos elefantes marinhos. Ainda há o Parque Nacional Monte Léon com fabulosas falésias, que encantam a todos os visitantes.

Imagem de geleira na Patagônia.
Foto: Glaciar, Patagônia – Pixabay

Observar os glaciares é outra atração da Patagônia, um dos melhores lugares para fazer isso é no Parque Nacional Laguna San Rafael, que foi tombado pela UNESCO como Reserva da Biosfera.

Nele você encontrará o Glaciar San Rafael, uma parede de gelo de aproximadamente 100 metros de altura, da qual se desprendem enormes blocos de gelo de cores azuladas, inundando a lagoa com pequenos icebergs.

Além dos esportes citados também é possível praticar escalada, mountain bike, rafting e esqui na Patagônia. Ótimo para quem curte esportes radicais.

Outro esporte não tão popular na Patagônia, mas que chama a atenção é o golfe. Na Patagônia você encontrará campos de golfe para todos os níveis, como o Greens e Fairways que ficam entre as montanhas.
Ainda há campos grandes, onde são realizados torneiros nacionais e internacionais como o Chapelco Golf & Resort e ainda em Cerro Castor um campo na neve, o Snow Golf Championship.

Em uma viagem só é impossível conhecer toda a Patagônia, mas você poderá encontrar todas essas belezas se planejar bem sua viagem.

Encontre ofertas em seguro viagem para a América do Sul na REAL SEGURO VIAGEM:

Seguro viagem america do sul 468x60

Bons Hotéis

É legal se hospedar em hotéis que possuem uma boa infraestrutura e serviços de agências de viagem para realizar excursões. Estes se encontram nas cidades de Bariloche, Puerto Madryn e El Calafate.

Em Torres del Paine, você também encontrará boas opções de hospedagem. E em El Chaltén apesar dos hotéis serem mais simples e rústicos são bem confortáveis.

Várias Opções de Transporte

Além de poder se locomover através de voos internos, também é possível chegar à Patagônia de carro ou moto.

Mas isso só é recomendado para os mais aventureiros e experientes, pois a Rota Nacional 40 , principal rodovia para chegar ao local conta com poucos postos de abastecimento. Além disso, o local venta muito, podendo derrubar motociclistas.

O trajeto também é longo e cansativo, por isso é bom estar preparado.

Para viajar de cidade em cidade, uma boa opção é viajar por linhas de ônibus ou vans compartilhadas.

Uma novidade para viajar pelo lugar é fazer cruzeiros pelos mares do sul, os quais passam pela Patagônia argentina e chilena.

A temporada de cruzeiros na Patagônia ocorre entre os meses de setembro a abril, sendo uma experiência incrível em que os viajantes podem deslumbrar glaciares gigantescos, pinguins, golfinhos, leões marinhos e baleias.

Durante os cruzeiros os viajantes podem passear de bote e caminhar em ilhas, podendo conferir de perto os animais selvagens que vivem na região.

Uma das ilhas preferidas dos turistas é a ilha Magdalena, onde vivem os pinguins de magalhães, sendo possível avistar 120 mil aves que escolheram o local para fazer seus ninhos.

Dentro do navio você ainda poderá assistir palestras ambientais e ainda participar de workshops que ensinam a preparar drinques ou degustar vinhos.

Boa Comida

Você vai encontrar uma grande diversidade culinária na Patagônia, com pratos feitos para todos os gostos.

Entre suas delícias mais famosas estão carne de cordeiro assado, carne de cervo, javali, lebre e pato, empanadas, trutas frescas, parrillas, curanto (carnes variadas preparadas na terra, sobre pedras quentes), patês, salmões, mariscos, entre outros.

Se você quiser uma comida mais prática lá também encontrará lanchonetes e restaurantes que vendem pizzas, sanduíches, massas e diversos tipos de comida.

Encontre a hospedagem ideal para você no BOOKING.COM:

Booking.com

Dicas

Esteja preparado para encontrar muitas variações de tempo e temperatura na Patagônia. Em um mesmo dia a temperatura pode cair ou subir vinte graus, você pode encontrar tempo ensolarado ou fechado, com fortes ventos e até mesmo neve.

Por isso é bom se preparar para tudo e levar um kit básico com casacos, protetor solar, boné, capa de chuva, calçados próprios para caminhada e óculos de sol.

É permitida uma bagagem de 20 kg por passageiro, além da bagagem de mão. É importante identificá-las e fechá-las com cadeado.

Você pode usar o peso argentino, podendo trocar moedas através da Novo Mundo Operadora, que apresenta boas cotações.

Você não vai estranhar muito o fuso horário da Patagônia, sendo que é apenas 1 hora a menos em relação a Brasília.

Se quiser saber mais informações sobre este belo lugar visite seu site oficial brasileiro e confira o que mais a Patagônia tem a oferecer a seus visitantes.

Esperamos que as informações tenham lhe ajudado.

Você gostaria de visitar a Patagônia? Já teve a oportunidade de conhecê-la? Conte pra gente.

E Se curtiu o artigo, compartilhe com os amigos nas redes sociais.

Fontes – Adventure Club, Melhores Destinos, Wikipedia, Patagônia, Veja Aqui Abril

 photo banner real seguro 468 x 60_zpsgvj8olhy.jpg

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!