Seguro viagem geral 728x90

Morar no Exterior – Vantagens e Desvantagens

O sonho de muitos brasileiros, inclusive o nosso, é morar no exterior. Afinal ficamos cansados de tantos problemas que vemos no Brasil, como desigualdade social, alta taxa de criminalidade, corrupção, impostos altos e que não são usados em serviços públicos como deveriam, etc.

E vemos no exterior uma oportunidade para mudar de vida e encontrar uma melhor qualidade de vida, estabilidade financeira e segurança.

No entanto como nada é perfeito, morar no exterior também traz dificuldades como choque cultural, saudade da família e amigos e a necessidade de se adaptar aos costumes do novo país.

Pensando nisso, reunimos informações que vão mostrar a você as vantagens e desvantagens de morar no exterior. Para você e a nós também, a decidir se vale ou não a pena.

Vamos conferir?

Desvantagens

Como geralmente “notícia ruim é a primeira que chega” vamos começar pelas desvantagens.

Choque Cultural

A primeira coisa que as pessoas que vão morar no exterior notam é a grande diferença entre as culturas do país de origem com o país que escolheu morar.

Se você escolheu morar em um país latino, talvez esse choque não seja tão grande assim, mas lugares mais distantes como Europa, Canadá, Nova Zelândia e Emirados Árabes há muita diferença.

Você se deparará com novos costumes, leis, expressões e hábitos. Claro, que isso é interessante e pode ser algo bem positivo, mas algumas coisas poderão entrar em conflito com sua forma de ser e agir.

Imagem de região que se encontra a torre Big Ben, na cidade de Londres, na Inglaterra.
Foto: Big Ben, Londres, Inglaterra – Pixabay

Por exemplo, em muitos países da Europa a pontualidade é levada muito a sério, assim como abraços e cumprimentos calorosos não são bem vistos em pessoas que acabaram de se conhecer.

Já países árabes são muito rígidos com as mulheres, e elas sofrem muitas proibições, inclusive sair sozinhas e conversar com homens, mesmo que para pedir informação.

São coisas que você terá que se adaptar, afinal foi você que escolheu morar naquele país, não é mesmo?

Mudanças

Outra desvantagem em morar no exterior é que, de certa forma, você estará sozinho. Não poderá pedir ajuda aos pais e amigos quando precisar.

Será difícil obter informações (ainda mais se tiver pouco conhecimento da língua local) para encontrar uma simples casa de construção ou a farmácia mais próxima.

Terá que aprender na “marra” a se virar sozinho. Se você não está acostumado a limpar, cozinhar e lavar sua própria roupa pode ir se preparando, pois em muitos países de primeiro mundo, o serviço de uma faxineira, cozinheira ou mesmo babá são muito caros e destinados apenas a milionários.

Outra coisa é que serviços de manicure, cabeleireiro, jantar em restaurantes chiques são coisas que também são caras. E por isso muita gente prefere fazer as unhas e cabelo em casa e preparar comida caseira ou mesmo recorrer a congelados e restaurantes populares.

As pessoas estão acostumadas a fazerem tudo em suas casas, até mesmo instalar internet ou montar um móvel. Sim, esses serviços também são caros e você terá que aprender a fazê-los. Por um lado é uma dificuldade, mas por outro você poderá sair da sua zona de conforto e aprender a fazer as coisas.

Saudade

Imagem de rapaz caminhando sozinho por uma paisagem montanhosa.
Foto: via Pixabay

Essa para muita gente é a pior parte. Se separar da família e amigos pode ser bem difícil.

Pensa só, você não estará presente no aniversário de um ente querido, Dia das Mães e dos Pais não serão mais os mesmos, os amigos combinarão reuniões divertidas e você não poderá participar, algum ente querido terá alguma felicidade ou problema e você não poderá estar perto para compartilhar os bons momentos ou consolar.

Claro, que há as tecnologias de comunicação que ajudam como Facebook, Skype e até mesmo telefone, e você poderá voltar para o Brasil para visitá-los ou mesmo eles irem até você, mas não será a mesma coisa.

Além disso, é possível que você perca amigos com o passar do tempo. Pois você estará longe, já não fará parte daquele círculo de forma ativa, tendo como obstáculos os compromissos e o fuso horário. Claro que há exceções, mas infelizmente é algo para o qual você deve estar preparado se sua vontade é realmente morar no exterior.

Outra coisa que você pode sentir saudade é da culinária brasileira, que mesmo que seja copiada em outros países não há igual.

Encontre ofertas em seguro viagem na REAL SEGURO VIAGEM:

 photo banner real seguro 468 x 60_zpsgvj8olhy.jpg

Emprego

Se você estava achando difícil conseguir um emprego no Brasil, saiba que em alguns países no exterior essa tarefa é tão ou mais difícil.

Afinal as barreiras culturais, língua e preconceito poderão dificultar o processo. Mas se você se mostrar responsável, comportar-se adequadamente durante a entrevista de emprego e ter uma grande vontade de trabalhar tem grandes chances de conseguir.

Outra opção é ter seu próprio negócio. Dessa forma você estará contribuindo para o país e não terá que se preocupar em procurar ou perder o emprego.

Ser o Eterno Estrangeiro

Mesmo que você more anos em um país você sempre será o eterno estrangeiro, afinal você não compartilhou as músicas infantis que eles compartilharam, não assistiu os mesmos programas de TV e desenhos animados e dificilmente entenderá todas as gírias e expressões faladas no país.

Além disso, surgem as costumeiras perguntas como “Por que você veio pra cá?”, “Não gostava do Brasil?”, “Vai ficar aqui até quando?”. Podem ser perguntas que são feitas por simples curiosidade, mas que chatearão com o passar do tempo.

Há países que os habitantes tratam os estrangeiros de forma diferente, olham torto e até mesmo não concordam que morem no país deles.

São coisas que levam tempo, demorará um pouco para você mostrar o seu valor e que veio para contribuir e não atrapalhar, assim como fazer amigos e conquistar a confiança das pessoas.

Você terá que ter muita paciência e jogo de cintura.

Vantagens

Depois das “notícias ruins” nada como ter “boas notícias”, não é mesmo? Então vamos conhecer as vantagens.

Qualidade de Vida

Imagem de pessoas próximas ao Lago Wakatipu, na cidade de Queenstown, na Nova Zelândia.
Foto: Lago Wakatipu, Queenstown, Nova Zelândia – Pixabay

A primeira coisa que as pessoas buscam ao mudar de país é a qualidade de vida. E com certeza se você for morar na Europa, Canadá, Nova Zelândia ou mesmo Austrália encontrará isso.

Transportes públicos de qualidade, segurança, educação e imposto usado no que deve é o que você encontrará nesses países.

Claro, que há desigualdade social e pessoas que querem se aproveitar de outras, como em quase todo lugar, mas é menos notável que no Brasil.

Você poderá passear pelas ruas, mesmo à noite sem tanta preocupação, verá que os direitos de cada um são respeitados e poderá, por exemplo, ficar surpreso em deixar seu carro estacionado fora da garagem e encontrá-lo intacto no dia seguinte.

Se optar por cidades ricas em paisagens naturais como no Canadá e Nova Zelândia ainda poderá desfrutar de uma vida saudável, praticando esportes ao ar livre e respirando o ar puro das árvores.

Aprender com as Dificuldades

Lembra-se que havíamos falado das dificuldades que os brasileiros podem se deparar no exterior? Como ter de se virar sozinhos e fazer coisas que não estão acostumados?

Pois então, isso também pode ser uma vantagem, pois você aprenderá muita coisa, se tornando mais independente e assim se virando em diferentes situações.

Dessa forma você poderá enfrentar com mais desenvoltura problemas recorrentes em sua vida, o que pode te ajudar em seu crescimento, como ser humano e na sua vida social.

Ampliar seus Horizontes

Morar no exterior te dará uma nova visão de mundo. Você aprenderá muitas coisas e terá novas experiências, dessa forma não ficando preso em seu pequeno mundo e tendo a oportunidade de realmente conhecer o país em que está vivendo. Algo que vai muito além do que mostrado na televisão.

Além disso, você poderá aprender novos idiomas e ter a oportunidade de se comunicar com pessoas de diferentes países, o que te ajudará muito tanto em sua vida social como profissional.

Ter uma Vida Simples, mas Justa

Imagem de pessoas em mercado público, na ilha de Grandville, em Vancouver, no Canadá.
Foto: Mercado Público, Ilha de Grandville, Vancouver, Canadá – Pixabay

Muita gente pensa que viver em um país de primeiro mundo é sinônimo de riqueza, mas é muito pelo contrário. Nesses países os ricos usam meio de transporte público e vão ao supermercado como qualquer pessoa.

O que muda é que todos os empregos são valorizados e as pessoas recebem salários justos e que dão a oportunidade para elas terem uma vida digna.

Você poderá fazer compras no supermercado sem ter a necessidade de parcelar, comprar aquele item eletrônico que você tanto deseja (como celular, tablet e mesmo computador), sem encontrar preços exorbitantes, saber que o imposto que você paga está sendo bem usado em serviços públicos como saúde e educação.

Ter um atendimento médico de qualidade mesmo em hospitais públicos e educação de primeira linha para seus filhos em escolas públicas não tem preço.

Além disso, em muitos países, especialmente na Europa, a palavra de uma pessoa é muito válida até mesmo mais que um papel. Assim você terá a certeza de que seus direitos serão respeitados.

Encontre a hospedagem ideal para você no BOOKING.COM:


Booking.com

Viajar Mais

Outra coisa legal de morar no exterior, especialmente para quem deseja se mudar para a Europa, é a proximidade entre os países e os preços vantajosos das passagens dos meios de transporte.

Dessa forma você poderá viajar mais e conhecer muitos lugares diferentes, pagando pouco e de forma simples e rápida, podendo trocar experiências e aumentar sua bagagem de conhecimento cultural.

E aí as informações te ajudaram? Já se decidiu entre morar no exterior ou continuar com sua vida no Brasil?

A resposta só depende de você. Afinal tudo vai depender de seu estilo e o que você deseja para sua vida, assim como o país que escolheu morar. Vantagens que você encontrará em determinado país pode não encontrar no outro, assim como desvantagens, pois cada lugar tem suas características e regras específicas.

Podemos dizer, por nós, que não desanimamos com as desvantagens e nosso desejo de viver em outro país não mudou. Daqui pra frente seja o que Deus quiser.

Compartilhe com a gente sua opinião. Se tiver dúvidas ou queira dar dicas (caso more no exterior) ficaremos felizes em saber.

E se curtiu o artigo, ajude a gente e compartilhe com os amigos nas redes sociais.

Fontes – Travelpedia, Contioutra, Doutissima, Eurodicas, Ducs Amsterdam, Um lindo dia para sorrir

 photo banner real seguro 468 x 60_zpsgvj8olhy.jpg
One Comment

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!