Seguro viagem geral 728x90

Como Funciona o Transporte Aéreo de Animais?

Com a popularidade dos animais de estimação, muitas pessoas têm levado seus pets em viagens aéreas.

No entanto há uma série de regras que as companhias impõem para esse tipo de transporte.

Essas regras visam, especialmente, a saúde do animal, uma vez que o transporte aéreo pode ser bem estressante para ele.

Mas ao mesmo tempo elas também geram dúvidas nas pessoas e se você clicou neste artigo é provável que esse seja o seu caso, não é mesmo?

Se a resposta foi sim. Fique tranquilo, pois vamos te ajudar a entender como funciona o transporte aéreo de animais e o que você precisa fazer para levar seu pet em uma viagem, seja ela nacional ou internacional.

O que as companhias exigem?

As exigências variam de uma companhia para outra, assim como o destino para o qual você deseja levar seu animal de estimação, mas em geral elas pedem:

Documentação

Cães e Gatos

Em voos nacionais geralmente são pedidos: a carteira de vacinação e atestado de saúde emitido por um veterinário. Em voos internacionais ainda é solicitado o certificado de aclimatação (Certificado Veterinário Internacional ou Certificado Zoosanitário Internacional) para comprovar se o animal pode se submeter a temperaturas extremas sem que sua saúde seja comprometida.

Para levar seu pet a Fernando de Noronha ainda é necessária a Autorização de Entrada de Animais na Ilha, a qual é expedida pela Secretaria de Meio Ambiente e Turismo de Fernando de Noronha. A autorização deve ser solicitada pelo telefone (81) 3619-0810.

Outros animais

Se for outro animal é necessário levar o Guia de Trânsito Animal (GTA), o qual é emitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Esse documento pode ser solicitado por postos ou centros veterinários autorizados.

Caso você tenha adquirido o animal segundo comercialização autorizada pelo IBAMA é necessário levar a nota fiscal.

E se o animal for silvestre controlado pelo órgão você precisará da autorização do IBAMA.

Caixa adequada para transporte de animais

Imagem de gato dentro de uma caixa de transporte para animais.
Foto: via Pixabay

Também conhecida como contêiner ou kennel, a caixa deve ser resistente, feita de material não tóxico, confortável e de tamanho adequado para o pet poder pelo menos dar uma volta em torno de si mesmo e ter fundo impermeável.

Antecedência para solicitar o serviço

Para solicitar o transporte aéreo de animais é preciso entrar em contato com a central de atendimento da companhia aérea no mínimo duas horas antes do voo, dessa forma a empresa pode verificar se há disponibilidade de transporte para seu animal. Já que geralmente em um voo são permitidos até três animais na cabine.

Caso esteja disponível você deve se dirigir com seu animal para realizar o check-in também com pelos menos duas horas de antecedência.

Pagamento da Taxa de transporte

É cobrada uma taxa que varia entre R$90 a R$200 para levar o pet na viagem. Este valor é para animais que podem ser levados na cabine com o dono. Os pets devem ser de pequeno porte e pesar até 10kg unindo com o peso da caixa de transporte.

Se o animal pesar mais do que isso é levado juntamente com a carga do avião, sendo que você deve pagar o valor estipulado pela bagagem extra.

Normalmente essa taxa não é cobrada para cães-guia, sendo que é permitido que esses animais viajem ao lado do dono, desde que presos por uma coleira.

Outras exigências

Além de todas essas exigências que citamos, dependendo do país para o qual você deseja viajar, pode haver coisas a mais.

Como na União Europeia, por exemplo, que exige que cães e gatos transportados de outros países tenham microchip eletrônico. Enquanto que o Reino Unido, Irlanda, Suécia e Malta são mais rígidos quanto às condições sanitárias.

Por isso é importante consultar as embaixadas e consulados do país para o qual pretende viajar e assim saber todas as suas especificações.

O que NÃO é permitido pelas companhias aéreas?

Imagem de cachorro apiado em uma caixa com o olhar cabisbaixo.
Foto: via Pixabay

As regras também mudam de uma companhia para a outra, mas geralmente elas NÃO permitem:

– Filhotes muito novos e animais idosos, pois requerem cuidados especiais e podem passar mal durante o voo;

– Fêmeas gestantes, no cio ou que estejam amamentando (A Avianca permite fêmeas de cachorros e gatos gestantes de até 63 dias de gestação, desde que tenha certificado veterinário comprovando que não há perigo de entrarem em trabalho de parto durante a viagem);

– Animais sujos e malcheirosos, pois podem incomodar os outros passageiros;

– Animais de focinho curto como cães das raças shitzu, buldogue e boxer e gatos da raça persa, pois há o risco de apresentarem problemas respiratórios durante o voo (a TAM é a única companhia aérea brasileira que aceita essas raças).

– Caixas para transporte de animais sujas, pois podem provocar contaminação nos próprios animais e funcionários que manusearem as caixas;

– Um número maior que três animais viajando na cabine por voo;

– Animais bravos e violentos.

Como funciona para cada empresa?

Imagem de funcionário retirando um gato dentro de uma caixa de transporte do avião.
Foto: via Pixabay

Vamos mostrar algumas especificações das companhias aéreas brasileiras mais conhecidas, para que vocês possam ter ideia de como funciona o transporte aéreo de animais para cada uma delas.

Aviancasite

– Permite apenas transporte de animais de pequeno porte, cujo peso + caixa de transporte não pode ultrapassar 10 kg.

– A caixa de transporte deve ter as seguintes dimensões: altura – 25 cm, largura – 26 cm e comprimento – 40 cm.

– Ela exige certificado de vacinação antirrábica que deve ter sido aplicada de 30 dias a um ano antes do embarque em animais com mais de 3 meses.

– Com exceção do cão-guia o custo do transporte é de R$ 200,00.

Azul – site

– Permite apenas transporte de animais de pequeno porte dentro da cabine, sendo que o peso do animal + caixa de transporte não pode ultrapassar 5 kg.

– A caixa de transporte deve ser segura, arejada e limpa.

– Ela exige certificado de vacinação antirrábica que deve ter sido aplicada há mais de 30 dias e há menos de um ano antes do embarque. Também é pedido o atestado de saúde do animal emitido por veterinário com validade de 10 dias.

– O valor da taxa de serviço é de R$200.

TAM site

– Não há especificação de limite de peso por animal, no entanto você deve entrar em contato para informar todos os dados para que a empresa faça uma cotação.

– Para o transporte de animais silvestres e exóticos deve ser preenchido um formulário específico.

– A caixa de transporte deve ser adequada, identificada devidamente e seguir as recomendações contidas no Manual para Transporte de Animais Vivos da IATA para a segurança do animal.

– Ela exige atestado sanitário de saúde ou vacina com validade de até 10 dias (cachorro e gato), GTA (outros animais), nota fiscal (animais cujo comércio é legalizado pelo IBAMA) e autorização do IBAMA (animais silvestres).

– Não aceita filhotes de cães e gatos que tenham focinho curto e animais que demonstrem agressividade.

GOL site

– Animais só são transportados como carga ou bagagem despachada, sendo aceito cães e gatos de até 30kg.

– Animais maiores e outros tipos são transportados pela Gollog, uma empresa de cargas vinculada à GOL. Ela aceita o transporte desde que a solicitação seja feita com 48 horas de antecedência.

– Tanto a GOL como Gollog embarcam apenas dois animais por voo, salvo exceções que devem ser consultadas com as centrais de atendimento.

– A Gollog aceita cachorros de grande porte e ferozes desde que estejam em contêiners que garantam segurança durante o transporte e manuseio.

– A GOL aceita somente cães e gatos com mais de 4 meses de idade.

– Para voos nacionais a Gol exige atestado sanitário válido por 10 dias e carteira de vacinação antirrábica aplicada há mais de 30 dias e menos de um ano.

– Para voos internacionais a Gol exige além desses dois documentos o Certificado Veterinário Internacional (CVI) ou Certificado Zoosanitário Internacional (CZI) com validade de 60 dias.

Esperamos ter ajudado você a compreender como funciona o transporte aéreo de animais e que tenha gostado das informações.

Se tiver alguma dúvida, fique à vontade para comentar.

Fontes – Tudo Sobre Cachorros, Avianca, Azul, Tam, Gol

Curtiu o artigo? Então compartilhe com os amigos nas redes sociais:

 photo banner real seguro 468 x 60_zpsgvj8olhy.jpg

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!