Seguro viagem geral 728x90

Como Contratar Seguro Saúde Viagem Internacional Para Estudante de Intercâmbio?

O seguro saúde viagem internacional é essencial em um intercâmbio, ainda que o país de destino não faça essa exigência como os países do Tratado de Shengen, Cuba e Austrália.

Afinal o estudante residirá por um tempo em um país estrangeiro, três, seis meses, um, dois anos e durante esse período há grandes chances de necessitar de atendimento médico.

Atendimento este que dependendo do país pode sair bem caro caso precise desembolsar de seu próprio bolso.

Então…

Como contratar um seguro saúde internacional?

Confira a seguir algumas dicas que te ajudarão a realizar essa tarefa.

Pesquise os Serviços das Seguradoras

Primeiramente você deve começar pesquisando as seguradoras existentes e seus serviços. Há muitas no mercado que são bem populares como a Mondial Travel, GTA Seguros, Assist Card, etc.

A maior parte delas oferece diferentes pacotes de seguro viagem, inclusive um especial para intercambistas.

Imagem de computador ao lado de xícara e par de óculos sobre um caderno.
Fonte: via Pixabay

O seguro viagem não só oferece assistência médica, como odontológica, assistência em caso de perda de documentos, seguro de bagagem, reembolso no caso de cancelamento de viagem e até mesmo coberturas médicas em esportes radicais se for o caso.

Todos esses serviços são importantes, especialmente a assistência médica, uma vez que dependendo do país em que você irá estudar, o sistema de saúde público pode ser ineficiente ou mesmo nem existir essa opção como nos Estados Unidos, em que um tratamento médico em hospital particular pode custar uma fortuna.

Se você deseja encontrar seguro saúde viagem mais barato e de qualidade uma boa opção é acessar o site da Real Seguro Viagem.

Trata-se de um buscador de seguro viagem eficiente que além de mostrar diferentes ofertas em seguradoras ainda te oferece assistência, tirando suas dúvidas e auxiliando-o no contato com a seguradora.

Através do banner abaixo você pode iniciar sua busca:

Basta selecionar seu destino, colocar a data de partida e retorno da viagem e clicar na opção “Compare”.

Escolha o Plano

Após escolher sua seguradora chegou a hora de escolher seu plano de seguro saúde viagem. Este vai depender de seu destino de intercâmbio e as atividades que realizará durante o período.

Por exemplo, se for realizar intercâmbio em algum dos países europeus que pertencem ao Tratado de Shengen terá que contratar um seguro saúde viagem com cobertura de 30 mil euros em assistência médica.

Agora se for estudar na Nova Zelândia, provavelmente terá que adquirir uma cobertura para esportes radicais, já que muitos cursos oferecem passeios ao ar livre e a prática de esportes para os estudantes.

Opte por planos mais abrangentes que não tenham convênio apenas com uma rede de hospitais e verifique se há convênios na região do país em que você viverá.

Por isso é importante que você relate tudo o que pretende fazer durante a viagem para a seguradora, dessa forma ela te auxiliará a montar um pacote ideal para todas as suas necessidades.

Encontre a hospedagem ideal para você no BOOKING.COM


Booking.com

Leia o Contrato

Imagem de contrato sendo assinado e à frente a sombra de dois homens apertando as mãos.
Foto: via Pixabay

É essencial que você leia o contrato do seguro saúde viagem, pois é nele que constarão todas as condições, regras e os serviços que serão oferecidos no plano.

Dessa forma você estará preparado e poderá exigir seus direitos, caso algum serviço não seja cumprido devidamente.

Importante!

Vimos muitos casos no site Reclame Aqui de clientes de seguradoras que reclamaram por não terem reembolso em atendimento médico para doenças pré-existentes.

A maior parte dos contratos tem uma cláusula que fala que todo o tratamento médico é reembolsado exceto se a doença é pré-existente como diabetes, pressão alta, câncer, entre outras.

Por isso é essencial que antes de viajar você consulte um médico para constatar seu estado de saúde.

E caso tenha alguma doença pré-existente contrate um plano específico para isso, dessa forma terá o atendimento reembolsado se for necessário.

O mesmo vale para casos especiais como gestantes e idosos. As seguradoras também oferecem planos especiais para eles. Por isso é bom se informar com a seguradora.

Peça o Voucher

Assim que fechar o contrato com a seguradora você deve solicitar o voucher, um documento (recibo) que comprova a contratação do serviço e que vem com os dados do cliente e o contato da seguradora no exterior.

Este documento pode ser pedido durante a imigração no aeroporto, dependendo do destino para o qual você viaje.

E também é importante que você ande com esse documento o tempo todo. Assim caso necessite poderá entrar em contato com a seguradora o mais rápido possível.

Ainda é bom se precaver e deixar seus dados e contato da seguradora com uma pessoa de confiança em seu país de origem. Para o caso de você não estar em condições de entrar em contato com a seguradora.

Atendimento

Imagem de mulher atendendo cliente pelo telefone.
Foto: via Pixabay

Geralmente as seguradoras oferecem atendimento 24 horas, seja por telefone, e-mail ou mesmo Skype.

Prefira aquelas que oferecem atendimento em sua língua pátria, caso não saiba falar o idioma do país em que está realizando intercâmbio e também as seguradoras que disponibilizem ligações a cobrar.

Não é todo o atendimento das seguradoras que é eficiente. Já vi muitos casos na internet de pessoas que tiveram grandes dores de cabeça por causa disso. Por isso é essencial ser insistente e exigir seus direitos.

Em caso de precisar de assistência médica, o ideal é falar que é realmente urgente. Dessa forma o atendimento pode ser agilizado.

Dicas

Operadoras de cartão de crédito como MasterCard e Visa oferecem seguro viagem aos clientes de seus cartões mais nobres.

No entanto esse seguro não é muito recomendado em viagens longas como intercâmbio, pois costuma não ser tão eficiente como o serviço das seguradoras.

Caso queira saber mais detalhes sobre isso confira nossos artigos sobre o seguro viagem internacional oferecido pela Visa e MasterCard.

Segurados do INSS podem contar com seguro de saúde gratuito em três países: Portugal, Itália e Cabo Verde.

Para ter acesso a atendimento médico público basta retirar o Certificado de Direito a Assistência Médica Durante Estadia Temporária (CDAM) no posto do Ministério da Saúde de seu estado.

Acesse o site do Ministério da Saúde para mais informações.

Antes de contratar um seguro saúde viagem é bom saber que há diferenças entre os serviços de seguro viagem e assistência viagem.

Geralmente os serviços são contratados juntos e por isso muita gente se confunde.

Mas o seguro viagem oferece indenização em caso de despesas com eventuais problemas como perda ou furto de bagagem, documentos, atendimento médico, entre outros.

Dessa forma você deverá pagar inicialmente as despesas e mediante apresentação de notas fiscais e documentos poderá receber o reembolso da seguradora quando voltar de viagem.

Já a assistência viagem oferece um pacote de serviços e benefícios em que o cliente não terá que pagar nada.

No entanto, no caso de atendimento médico, por exemplo, você só poderá ser atendido em hospitais conveniados com a seguradora. Por isso é essencial comunicar a seguradora antes de se dirigir a um hospital.

Se quiser saber mais informações sobre isso confira este artigo que explica mais detalhes.

Esperamos que tenha gostado das informações e que elas tenham lhe ajudado.

Caso tenha alguma dúvida ou queira contar sua experiência com seguro saúde viagem durante um intercâmbio, fique à vontade para comentar.

Fontes – CI, Real Seguro Viagem, Assistente de Viagem, Mondial Travel, Study Global, Blog Intercâmbio

E se curtiu o artigo, compartilhe com os amigos nas redes sociais:

 photo banner real seguro 468 x 60_zpsgvj8olhy.jpg
One Comment

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!