Seguro viagem geral 728x90

7 Motivos Para Realizar uma Viagem Moçambique

Moçambique é um país que se encontra no sudeste do continente africano. Uma nação muito pobre, mas que possui incríveis atrações turísticas.

No país você vai encontrar belos destinos litorâneos, tendo alguns dos melhores lugares para praticar mergulho, belas reservas naturais, onde você encontrará florestas e savanas, podendo realizar os famosos safáris africanos e monumentos históricos que marcam 400 anos de colonização da nação.

Quer saber mais motivos para realizar uma viagem para Moçambique?

Então fique atento às informações que reunimos para você.

1. Conhecer Maputo

Maputo é a capital de Moçambique desde 1898 e também maior cidade do país. Nela você encontrará várias atrações, feitas para todos os gostos e estilos.

Quem curte história e arquitetura vai apreciar a visita à estação Caminhos de Ferro, a mais antiga estação de trem que ainda está ativa, sendo edificada entre os anos de 1913 e 1916, tendo 100 anos de história. Ela foi projetada por Eiffel, o mesmo arquiteto da famosa Torre Eiffel de Paris (França).

Imagem da Fortaleza Maputo, na cidade de Maputo em Moçambique.
Foto: Fortaleza Maputo, Moçambique – Wikimedia

Na cidade também se encontra o Museu de História Natural de Moçambique, que foi criado em 1913 e mostra um pouco da história do país.

Um monumento bem conhecido na cidade é a Fortaleza Maputo, onde se encontra a estátua equestre de Mouzinho de Albuquerque e os restos mortais de Ngugunhane.

Outro lugar interessante é o Mercado Central, onde você encontrará uma boa variedade de frutas, verduras e apreciar uma comida típica. Também há o Mercado de Peixe, onde você poderá ver a imensa variedade de frutos do mar que a cidade oferece e ainda saborear a comida dos restaurantes que ficam ao redor do mercado.

Quem não resiste a um souvenir vai gostar de visitar a Feira de Artesanatos, que fica aberta todos os dias e apresenta uma boa variedade de produtos, entre peças de madeira, pinturas, tecidos, vestes tradicionais como capulanas, usadas pelas mulheres e objetos de decoração para casa.

Você ainda poderá visitar a Reserva de Elefantes de Maputo, que se encontra entre o Rio Maputo e o Oceano Índico, abrigando manadas de elefantes e rinocerontes brancos.

2. Visitar Seus Parques Nacionais

Imagem de leoa e impalas no Parque Nacional Gorongosa, em Moçambique.
Foto: Parque Nacional Gorongosa, Moçambique – Gorongosa.org

Como a maioria dos destinos africanos, em Moçambique não poderia faltar os parques nacionais, que chamam a atenção dos turistas que curtem um bom safári.

Entre os parques nacionais do país temos a Reserva de Niassa, uma grande área, que compreende 42.400 km², sendo composta por savanas e florestas, onde habitam várias espécies de animais como leões, leopardos, elefantes, mabecos, impalas, búfalos, gnus, zebras e uma grande variedade de aves.

No lugar é possível acampar e realizar várias atividades como safári guiado, trilhas e até mesmo escalada.

O Parque Nacional Gorongosa é outra famosa reserva, contendo mais de 4 mil km² e sendo formada por uma grande diversidade natural, com pradarias, florestas secas, lagunas, montanhas, rios e várias espécies de animais como elefantes, búfalos, leões, crocodilos e zebras. É recomendado que a visita ao parque nacional seja feita em um veículo 4×4.

Encontre ofertas em seguro viagem para a África na REAL SEGURO VIAGEM:

Seguro viagem africa 468x60

3. Explorar seus Destinos Litorâneos

Imagem de praia no arquipélago Quirimbas, em Moçambique.
Foto: Arquipélago Quirimbas, Moçambique – Kaskazini

Moçambique conta com uma boa variedade de destinos litorâneos, que com certeza vão fazer você apreciar os mares africanos.

Entre eles temos a cidade de Tofo, banhada por águas quentes e tranquilas. Nela você encontrará belas praias, como a praia de Tofo, que oferece uma ótima infraestrutura e ótimas condições para a prática de surfe e kitesurfe. Já a praia de Tofinho é deserta, onde é possível apreciar um belo por do sol.

O lugar ainda é bem convidativo para a prática de mergulho, sendo que você pode avistar, dependendo da época, tubarões baleia, golfinhos, leões marinhos, baleias jubarte e lindos recifes de corais.

Vilanculos também é um ótimo destino litorâneo em Moçambique, onde você encontrará um mar com águas bem calmas, quase sem ondas, areias claras e ainda poderá praticar atividades divertidas como andar à cavalo pela praia, snorkel e mergulho nas ilhas próximas.

Próximo a Vilanculos se encontra o arquipélago de Bazaruto, cuja ilha de Bazaruto é a maior do grupo, tendo 37 km de extensão.

No lugar você poderá praticar mergulho e observar a bela vida marinha local em suas águas cristalinas, podendo encontrar animais como tartarugas, raias manta, baleias jubarte, tubarões baleia e corais.

O Arquipélago Quirimbas é outro ótimo destino, ele é formado por 30 ilhas e apresenta uma boa variedade de praias paradisíacas e excelentes pontos de mergulho.

Você poderá observar a bela vida marinha das ilhas formada por tartarugas marinhas, baleias corcundas e várias espécies de golfinhos e peixes.

Lá também se encontra o Parque Nacional dos Quirimbas, uma das zonas mais preservadas do país. Nele você encontrará uma bela fauna formada por mabecos, leões, búfalos e elefantes.

4. Visitar Inhambane

A cidade de Inhambane é outro ótimo lugar para visitar. Trata-se de uma cidade pequena, onde você encontrará monumentos históricos como a Igreja da Senhora da Conceição, o Mercado Central, o bairro antigo e o Porto.

Além disso a cidade também conta com um sítio arqueológico interessante, o Manikeni, que fica a cerca de 52 km de Vilanculos.

O local foi utilizado entre os séculos XII e XVII, sendo composto por uma grande muralha de pedra semelhante à tradição arquitetônica do Grande Zumbábue, tendo 20 metros de diâmetro e 50 cm de altura. Acredita-se que no lugar viveu uma comunidade agrícola posterior da Idade do Ferro da tradição do Grande Zumbábue.

5. Conhecer a Ilha de Moçambique

Imagem da Ilha de Moçambique, em Moçambique.
Foto: Ilha de Moçambique, Moçambique – Wikipedia

A Ilha Moçambique é considerada patrimônio mundial pela Unesco, sendo o lugar que deu origem ao nome do país. Ela é pequena, tendo apenas 3 km de extensão, se encontrando na província de Nampula. A ilha é ligada ao continente através de uma ponte de 3 km construída por volta de 1960.

É um bom destino para quem quer conhecer mais a história do país e curte arquitetura europeia, já que nela é possível encontrar várias igrejas, palácios feudais, muralhas, fortes e casas antigas.

Encontre a hospedagem ideal para você no BOOKING.COM:

Booking.com

6. Saborear sua Gastronomia

Moçambique apresenta uma deliciosa culinária que tem grande influência portuguesa. Entre seus pratos típicos está a matapa (feito com folha de mandioca cozida em molho de amendoim e leite de coco, podendo ser temperada com mariscos, uma pimenta muito usada chamada peri peri ou vegetais, geralmente acompanhada de arroz ou purê de batatas).

Outros pratos populares são badjas (massa frita feita com feijão nhemba), mucapata (feito com arroz, coco e feijão oloco), guisado de caranguejo, xiguinha (cozido feito com mandioca e folhas de cacana), galinha cafreal, lulas no forno, caril de porco (feito com legumes, geralmente acompanhado de arroz, massa ou batatas cozidas), sopa de mandioca, abóbora com coco, bolo de mandioca crua, entre outros.

7. Economizar na Viagem

A moeda local chamada metical está em desvantagem em relação ao real. Pra você ter ideia 1 metical está valendo R$ 0,43 (fevereiro de 2017), portanto você encontrará serviços de viagem e produtos bem mais baratos em Moçambique, o que pode tornar sua viagem relativamente barata.

Além disso, uma das regras nos mercados locais é a pechincha, sendo assim você poderá economizar ainda mais.

Dicas

Não há voos diretos para Moçambique, sendo necessário realizar escala na África do Sul, na cidade de Jonnasburgo.

É necessário retirar o visto de viagem junto à Embaixada de Moçambique em Brasília para entrar no país.

A melhor época para visitar o país é entre maio e novembro, na estação seca, dessa forma você não terá que se preocupar com dias chuvosos que podem estragar sua viagem.

Quando viajar para Moçambique é recomendado tomar algumas vacinas como febre amarela, que é obrigatório, hepatite A, B e febre tifoide. Também é recomendado tomar alguns cuidados com a malária, doença bem comum no lugar.

O ideal é contratar um seguro viagem antes de realizar uma viagem a Moçambique, pois o sistema de saúde do país é bem precário. Procure levar também alguns medicamentos básicos em caso de algum imprevisto.

Esperamos que as informações tenham ajudado.

Se você tem alguma dúvida, dica ou queira deixar sua opinião, comente.

E se curtiu o artigo, compartilhe com os amigos nas redes sociais.

Fontes – Minube, Alma de Viajante, MMO, Wikipedia, Em Algum Lugar do Mundo, Falando de Viagem

 photo banner real seguro 468 x 60_zpsgvj8olhy.jpg

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!