Seguro viagem geral 728x90

7 Motivos Para Realizar uma Viagem Para Escocia

A Escócia é um pequeno e belo país que pertence ao Reino Unido, na Europa.

Nele você encontrará uma cultura rica e interessante, castelos encantadores, uma linda e exuberante natureza e um povo simpático e hospitaleiro.

Quer saber mais motivos para realizar uma viagem para Escócia?

Então fique atento às informações que reunimos para você.

1. Visitar Edimburgo

Edimburgo é a capital e maior cidade da Escócia. Uma cidade onde você encontrará muitas atrações históricas e culturais.

Entre eles está o Castelo de Edimburgo, que foi edificado no século XVI e se em uma rocha vulcânica e possui artefatos interessantes da monarquia escocesa.

A cidade também possui museus interessantes como o Museu Nacional da Escócia e que possui um grande acervo de objetos relacionados à geologia, arqueologia, história natural, ciência, tecnologia e arte.

Se você curte passeios ao ar livre, vai curtir a visita a Calton Hills, uma colina que contém alguns monumentos de guerra e de onde é possível ter uma bela vista da cidade ou mesmo uma caminhada no parque The Meadows, onde você encontrará prados abertos e trilhas arborizadas, perfeito para relaxar.

Imagem da cidade de Edimburgo, na Escócia.
Foto: Edimburgo, Escócia – Pixabay

Edimburgo também é famosa por seus festivais, entre eles o que mais se destaca é o Festival de Edimburgo que traz uma boa variedade de apresentações artísticas e o Festival Tatoo Militar, que é realizado no Castelo de Edimburgo e tem como espetáculo bandas marciais e fogos de artifício.

Na cidade você também encontrará uma boa variedade de lojas, que vendem desde produtos de grifes aos souvenires tradicionais como kilt (saia tradicional do país) e uísque.

Quer saber mais sobre Edimburgo? Então confira nosso artigo exclusivo sobre a cidade:

7 Motivos Para Realizar Turismo Edimburgo

2. Explorar a Região de Highlands

Imagem do famoso monumento Callanish Stones, nas Ilhas Hébridas, na Escócia.
Foto: Callanish Stones, Ilhas Hébridas, Escócia – Pixabay

A região de Highlands é uma das mais visitadas da Escócia, trata-se da maior unidade autoritária tanto do país quanto do Reino Unido, a qual é rica em belas paisagens e monumentos antigos.

Entre suas atrações mais famosas se encontra o Lago Ness, que tem uma lenda acerca de um monstro semelhante a um grande réptil e que até os dias atuais gera discussões entre os curiosos sobre sua existência.

Além de conter uma bela paisagem, nos arredores do lago se encontram dois castelos muito visitados da Escócia, o Castelo de Urquhat, edificado por volta do século XIII e que hoje se encontra em ruínas e o Castelo Eilean Donan que se encontra em uma pequena ilha e também foi construído no século XIII como defesa contra vikings.

Outro lugar interessante na região são as ilhas Hébridas, um conjunto de ilhas compostas pelas mais antigas rochas britânicas. É nelas que se encontra as Callanish Stones, um círculo de pedras em que estudiosos acreditam que tenha sido construído em até 3000 a.C, mas até hoje seus criadores e motivo pelo qual foi construído continuam um mistério.

Ainda há o Cairnms National Park, um belo parque nacional escocês onde é possível realizar várias atividades ao ar livre, perfeito para os amantes da natureza.

Encontre ofertas em seguro viagem para a Europa na REAL SEGURO VIAGEM:

Seguro viagem europa 468x60

3. Conhecer St. Andrews

Imagem da Catedral de St. Andrews, na Escócia.
Foto: Catedral de St. Andrews, Escócia – Pixabay

St. Andrews é uma pequena e pitoresca cidade escocesa, que contém monumentos interessantes.

Entre eles a Universidade de St. Andrews, considerada uma das mais antigas do Reino Unido, sendo fundada em 1410. Hoje é uma das universidades de maior prestígio do país, sendo conhecida especialmente durante o período que o Príncipe Willian de Gales cursou seus estudos de geografia.

Outro monumento conhecido é o Castelo de St. Andrews que foi edificado durante a Idade Média, sendo residência dos bispos e arcebispos de St. Andrews. Atualmente ele se encontra em ruínas, mas os visitantes podem explorar suas minas subterrâneas que foram escavadas pelos cercos do século XVI.

Ainda há a Catedral de St. Andrews que foi edificada no século XII e se transformou no centro da Igreja Católica Medieval na Escócia, sendo também a maior igreja construída no país. No entanto após a reforma escocesa no século XVI, a catedral foi abandonada e hoje se encontra em ruínas.

4. Visitar Glasgow

Glasgow é a maior cidade da Escócia e também uma de suas cidades mais antigas, sendo que o povoado que deu origem ao lugar foi fundado no século VI.

Entre suas atrações se encontra o Museu e Galeria de Arte de Kelvingrove, que se encontra um grande edifício que contém uma das maiores coleções europeias de arte cívica. Nele você vai encontrar uma das melhores coleções de armas e armaduras do mundo, uma coleção sobre história natural e muitas obras de arte importantes na Europa, como a pintura de Cristo de São João da Cruz, de Salvador Dalí.

Também há a Catedral de Glasgow, uma grandiosa construção, inaugurada no final do século XII, uma das únicas catedrais da Escócia que se encontra conservada após a reforma religiosa do século XVI.

Algo interessante na catedral é uma pedra cancelar do final do século XV que é decorada com sete pares de figuras que representam os sete pecados capitais e uma cripta, que guarda o túmulo de São Mungo, que fundou uma comunidade monástica neste lugar no século V.

Encontre a hospedagem ideal para você no BOOKING.COM:


Booking.com

5. Visitar Aberdeen

Imagem do Castelo de Craigievar, na cidade de Aberdeen, na Escócia.
Foto: Castelo de Craigievar, Aberdeen, Escócia – Pixabay

Aberdeen é outra cidade escocesa que vale a pena visitar, sendo um importante porto do Mar do Norte e também sendo conhecida como “Cidade do Granito”, por possuir muitos edifícios construídos à base dessa rocha magmática.

Entre seus pontos turísticos mais visitados se encontra o Museu Marítimo de Aberdeen, que se encontra próximo ao porto e conta a história da relação da cidade com o Mar do Norte.

Também há o Castelo de Craigievar, que se encontra no sopé dos Montes Grampianos. Sua fachada rosada e arquitetura com torres refinadamente esculpidas com gárgulas e mísulas dão lhe uma aparência de castelos de contos de fada.

Outro lugar para visitar é o belo Union Terrace Gardens, um parque público formado por belos jardins cercados por algumas das mais belas construções da cidade, como o Teatro de Sua Majestade, a Igreja de São Marcos e a Biblioteca no Viaduto de Rosemount. Nele você encontrará uma bela vegetação formadas por árvores olmo de quase 200 anos e uma encantadora estrutura.

6. Experimentar sua Peculiar Gastronomia

Imagem de haggis, prato típico da Escócia.
Foto: Haggis – BBC

A gastronomia escocesa pode não ser uma das mais saborosas, mas é bem peculiar e contém desde pratos estranhos ao excesso de frituras e carboidratos.

Entre seus pratos mais famosos está o haggis (feito com coração, rins e pulmão de ovelha, misturado com cebola, gordura e ervas, cozinhados em intestino de ovelha), blood pudding (linguiça de sangue, geralmente servida no café da manhã), scotch eggs (ovo cozido enrolado em linguiça, empanado e frito, preparado especialmente para piqueniques), pizza crunch (pizza frita e servida com ou sem batatas fritas), munchie Box (caixa com kebab, carnes, batatas fritas, queijo frito e anéis de cebola, torta de macarrão (torta com recheio de macarrão com queijo).

Também há alimentos industrializados bem conhecidos como deep fried mars bar (barra de chocolate frita fabricada pela empresa Mars) e irn bru (refrigerante mais popular do país que tem uma coloração laranja forte).

Dá pra perceber que os alimentos não são muito saudáveis, não é mesmo? Por isso para quem não está acostumado o melhor é apenas experimentar e saborear pratos de outras culinárias, como italiana e francesa que são vendidas em vários restaurantes escoceses.

7. Curtir o Inverno Escocês

O inverno é a principal estação na Escócia, onde as temperaturas despencam, e é possível nevar.

Mas mais do que isso é difícil fazer calor no país, uma boa notícia para quem curte um tempo fresco e frio, uma vez que mesmo no verão, as temperaturas costumam medir entre 15 e 20°C e dificilmente passam dos 28 °C.

Quem curte o clima frio terá também a oportunidade de curtir dias mais longos e frescos em pleno verão, em que amanhece às quatro da manhã e só anoitece depois das onze da noite.

Dicas

Não há voos diretos do Brasil para a Escócia, sendo necessário fazer escala em Londres (Inglaterra). É possível partir da cidade de avião ou trem, sendo o segundo meio de transporte bem recomendado, já que a Escócia conta com uma malha rodoviária bem abrangente e sistema de qualidade, além da viagem ser mais barata que de avião.

Quem curte badalação e alta temporada vai curtir a visita à Escócia durante o verão, mais especificamente em agosto quando ocorre o Festival de Edimburgo, e a cidade fica cheia de turistas e apresentações de teatro, dança, música e cinema. O verão também é ótimo para programar passeios ao ar livre.

O inverno não é muito recomendado, já que há menos meios de transportes públicos e muitos passeios são comprometidos pelo mal tempo.

Já a primavera e outono são boas épocas para visitar o país, pois além de serem mais tranquilas, apresentam temperaturas mais amenas.

O dinheiro usado na Escócia é a libra esterlina, que está entre as moedas mais valorizadas da atualidade. Por isso é bom se preparar para a viagem com antecedência, já que não vai ser nada barata.

A língua oficial falada no país é o inglês, o que facilita bastante na hora de se comunicar.

Quer conhecer melhor a Escócia? Então que tal realizar intercâmbio no país? Confira a seguir nosso artigo com mais detalhes:

Intercambio na Escocia – Por que Realizar, Como Funciona?

Esperamos que as informações tenham ajudado.

Caso tenha alguma dúvida, dica ou queira deixar sua opinião, comente.

E se curtiu o artigo, compartilhe com os amigos nas redes sociais.

Fontes – Wikipedia, As Distâncias, Alma de Viajante, Vontade de Viajar, Viagem e Turismo

 photo banner real seguro 468 x 60_zpsgvj8olhy.jpg

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!