Seguro viagem geral 728x90

7 Motivos Para Realizar uma Viagem para Amazonia

A Amazônia é uma grandiosa floresta tropical, cuja maior parte se encontra na região Norte do Brasil, sendo considerada uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno, devido a sua grande biodiversidade.

Este destino é visitado maiormente por estrangeiros, no entanto está se tornando cada vez mais acessível aos turistas brasileiros, que podem notar a melhora tanto na infraestrutura turística quanto preços mais baixos.

É um lugar destinado a viajantes aventureiros e que queiram estar em contato direto com a natureza.

Quer saber quais os motivos para realizar uma viagem para a Amazônia?

Então nos acompanhe neste artigo.

1. Visitar Manaus

A cidade de Manaus é a capital do estado do Amazonas, a qual dá acesso a todos os passeios oferecidos na floresta Amazônica e ainda contém atrações urbanas que chamam a atenção dos turistas.

É possível fazer um tour pela cidade e conferir seus principais pontos turísticos no ônibus de turismo de dois andares de Manaus.

Um passeio interessante para quem deseja ter uma visão geral da cidade.

Imagem do Teatro Amazonas em Manaus, Amazonas.
Foto: Teatro Amazonas, Manaus – Pixabay

Entre os pontos mais conhecidos se encontra o Teatro Amazonas, uma bonita construção inaugurada em 1896, em que é possível fazer uma visita guiada e conhecer sua cúpula, salão nobre sala de espetáculos, camarim cenográfico, palco e fosso da orquestra. Ainda se quiser você pode assistir apresentações como peças de teatro e óperas.

Outras construções que chamam a atenção é o Relógio Municipal e a Igreja Matriz que se encontram próximos ao teatro, sendo fácil conhecer estes três pontos a pé.

E para quem pensa que só há construções antigas em Manaus, engana-se, pois no Bairro de Adrianópolis você poderá ver edifícios altos, bonitos hotéis e o Shopping Manaura, que é um dos maiores shopping center da cidade.

E se você já quer ter contato com a natureza vai gostar de conhecer o Bosque da Ciência, um grande espaço com vegetação nativa e animais da floresta Amazônica, tornando-se uma espécie de zoológico da fauna da região.

Nele você encontrará ariranhas, jacarés, peixe-boi, cutias, entre outras espécies de animais. Além disso, também há a Casa da Ciência, um museu onde se encontra a maior folha dicotiledônea encontrada na Amazônia brasileira, tendo quase 2 metros de comprimento.

2. Viajar em Qualquer Época

Imagem do por do sol no rio Amazonas.
Foto: Por do Sol no Rio Amazonas – Pixabay

O legal de visitar a Amazônia é que você pode viajar em qualquer época que encontrará ótimas opções de lazer, sendo que o clima se mantém quente e úmido.

Como o estado se encontra próximo ao Equador possui duas estações de seca, entre os meses de julho e novembro e de chuva entre os meses de dezembro e maio.

A época da seca é ótima para avistar os jacarés adultos e vê-los através dos passeios de barco, além disso, na beira dos rios se formam praias fluviais que somem quando o rio está cheio.

Já na época chuvosa é interessante fazer os percursos maiores de barcos, pois eles se deslocam mais facilmente, sendo possível fazer passeios de canoa pelos igapós ou igarapés (plantas que ficam submersas pelas águas, formando uma floresta inundada).

3. Apreciar a Natureza

Imagem de Igarapé (floresta inundada), na floresta Amazônica.
Foto: Igarapé, Floresta Amazônica – G1

Acreditamos que o principal objetivo de uma viagem à Amazônia seja entrar em contato com a natureza, portanto você terá muitas oportunidades para cumprir esse desejo, já que no lugar há inúmeros passeios com essa finalidade.

Entre eles temos o Encontro das Águas, que é uma das principais atrações da Amazônia. O encontro entre o Rio Negro (cujas águas são escuras) e o Rio Solimões (cujas águas são claras e barrosas) ainda chama a atenção dos visitantes, devido ao fato das águas não se misturarem e seguirem paralelamente por cerca de 12km.

Muitas vezes esse passeio se une a uma visita ao igarapé, onde é possível ver a vitória-régia (famosa planta aquática da região) e a samaúma, uma grande árvore, uma das maiores da floresta. Ela pode chegar a até 60 metros de altura e 40 metros de copa.

Além desses passeios de barco há outros tipos, em que você poderá ver a natureza e ouvir apenas o som das águas, animais e curtir a bela paisagem.

Já quem curte esportes radicais vai gostar da Amazon Tree Climbing, a escalada em árvores na região de Manaus e do baixo Rio Negro. Uma atividade divertida e segura, sendo acompanhada por profissionais que podem guiar os alunos a alcançar até 50 metros de altura.

As trilhas também são passeios bem populares, onde os guias mostrarão e darão informações sobre a fauna e a flora local, assim como darão uma noção de sobrevivência na selva. Durante o passeio você verá árvores gigantescas e até orquídeas exóticas e se tiver sorte alguns animais como macacos e aves.

Você ainda poderá realizar um passeio de madrugada para contemplar o belo nascer do sol na floresta Amazônica, acompanhando as cores tomando vida e aves se deslocando pelo céu.

4. Ter Contato com Animais

Imagem de macaco aranha na floresta Amazônica.
Foto: Macaco Aranha na Floresta Amazônica – Pixabay

Há vários passeios que permitem que você tenha um contato mais próximo com os animais da região.

Como a visita à Floresta dos Macacos, que é um centro de reabilitação desses animais que são confiscados pelo IBAMA em caso de comércio ou exportação ilegal. Os primatas são colocados em quarentena para serem avaliados por veterinários e biólogos antes de serem soltos novamente na floresta.

A observação de jacarés, geralmente é feita à noite. Durante o passeio o guia fixa a luz nos olhos do animal, para que ele fique paralisado e possa ser capturado e levado até o barco para ser examinado e posteriormente solto.

Na focagem noturna você também poderá observar outros animais que tem hábitos noturnos como preguiças, cobras, sapos e pássaros.

Um belo passeio para observar aves é feito no Lago Janauaca, que fica na margem direita do Rio Solimões e onde é possível ver muitas aves que capturam os peixes do lago, como ciganas, garças e mergulhões.

Uma atividade que agrada e muito os viajantes é a visita ao habitat dos botos cor-de-rosa, onde é possível ter maior contato e alimentar os animais, que são bem dóceis e pulam ao redor dos barcos.

Encontre a hospedagem ideal para você no BOOKING.COM:


Booking.com

5. Conhecer a População Local

Imagem de casa e barcos e pessoas pertencentes à população ribeirinha na Floresta Amazônica.
Foto: População Ribeirinha na Floresta Amazônica – Viagem Uol

Na floresta Amazônica também há vários passeios, onde você terá a oportunidade de conhecer aldeias e ver como vive a população local.

Há passeios que envolvem a visita à casa de um caboclo ribeirinho em que você poderá ver a principal fonte de renda do povo, conhecendo como é a fabricação da farinha de mandioca.

Também há a visita à comunidade local Anavilhas, em que você visitará as casas dos nativos e poderá conhecer seus costumes e organização social.

Outra oportunidade de conhecer melhor os caboclos é praticando atividades comuns a eles como a pesca, sendo que há passeios em canoa de madeira para caçar a piranha e outros peixes da região, da mesma forma que os locais.

Encontre ofertas em seguro viagem para o Brasil na REAL SEGURO VIAGEM:

Seguro viagem brasil 468x60

6. Realizar um Passeio de Hidroavião

Um passeio muito apreciado, mas que infelizmente é bem caro é o sobrevoo em um hidroavião, que dá a oportunidade dos visitantes terem uma vista panorâmica da floresta Amazônica e suas belezas.

7. Experimentar Sua Deliciosa Gastronomia

A Amazônia oferece uma deliciosa gastronomia aos visitantes, com comidas que até mesmo os turistas brasileiros de outras regiões não conhecem.

Entre seus pratos mais apreciados estão os peixes tambaqui, pirarucu e tucunaré, o tucupi é muito usado como acompanhamento.

Trata-se de um sumo azedo de mandioca que tem a coloração verde-amarelado a cinza-escuro e um sabor forte.

Outros pratos muito apreciados são o tacacá (caldo feito com tucupi, filhas de jambu, goma de tapioca e camarões), x-caboquinho (pão francês, queijo calho e tucumã, fruta típica da Amazônia), banana frita, sorvetes de açaí e cupuaçu e torta de cupuaçu com chocolate.

+ Um Motivo

Outro motivo é realizar um cruzeiro na Floresta Amazônica, sim é um passeio bem popular, em que as pessoas ficam de três a sete dias em um barco, sendo levadas de lugar e lugar. Isso faz com que elas conheçam diferentes lugares e paisagens da floresta, tornando a viagem ainda mais proveitosa.

Dicas

É indicado que os viajantes obtenham o certificado de vacinação contra a febre amarela antes de viajarem para a Amazônia.

Infelizmente a viagem é cara, no entanto tem se tornado mais acessível devido a diversidade de hotéis que oferecem serviços de diversos níveis para os turistas. Por isso se você tem vontade de visitar o lugar é bom dar uma boa pesquisada.

Vale a pena contratar os passeios que o hotel oferece ou através de uma agência de viagem, dessa forma fica mais fácil.

É imprescindível levar roupas leves, calças e camisetas de manga comprida, assim como chapéus, bonés, óculos de sol, protetor solar e repelente para insetos.

Esperamos que tenha gostado das informações e que elas tenham ajudado.

Caso tenham alguma dúvida, dica ou queira dar sua opinião, deixe um comentário.

E se curtiu o artigo, compartilhe com os amigos nas redes sociais.

Fontes – Revista Glamour, Nós no Mundo, Turismo IG, Venturas, Wikipedia

 photo banner real seguro 468 x 60_zpsgvj8olhy.jpg
4 Comments

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!