Seguro viagem geral 728x90

7 Motivos Para Realizar uma Viagem Para Alter do Chão

Alter do Chão é uma pequena vila que se encontra no município de Santarém, no estado Pará.

O lugar não era muito conhecido até 2009, quando o jornal inglês The Guardian a colocou entre as dez mais belas praias do Brasil, chamando-a de “Paraíso Dourado” entre tanto verde das florestas.

O legal é que ao contrário de outros destinos brasileiros em que fica em evidência as praias de água salgada, neste caso são as praias de água doce, uma vez que a vila se encontra às margens do rio Tapajós e do Lago Verde.

Quer conhecer melhor este belo lugar?

Então dá uma conferida nos 7 motivos que animam os viajantes a realizar uma viagem para Alter do Chão.

1. Curtir Suas Belas Praias

Como dissemos anteriormente, Alter do Chão ficou famosa por suas belas praias de água doce, as quais aparecem na época seca, quando as chuvas cessam e as águas do rio Tapajós baixam.

Dessa forma os visitantes podem ver o belo contraste das águas verdes do rio e a areia branca de suas margens distribuídas em cerca de 2 mil km. Uma visão incrível que te faz entender por que o local é conhecido como “Caribe Amazônico”.

Imagem da Ilha do Amor, em Alter do Chão, na cidade de Santarém, no Pará.
Foto: Ilha do Amor, Alter do Chão, Santarém, Pará – Guia Viagens Brasil

A praia mais famosa é a Ilha do Amor, que se encontra em uma península de terrenos arenosos e inundáveis. Em setembro é o mês de seu apogeu, o que acaba atraindo muitos turistas.

Outra praia que chama a atenção é Praia do Pindobal, a qual fica a apenas 7 km do centro de Alter do Chão e tem um aspecto muito parecido com as praias de água salgada, o que torna a experiência ainda mais exótica. Dependendo da época em que for visitá-la e tiver sorte até mesmo poderá ver botos pulando na água.

Já Ponta do Cururu fica bem próxima da cidade, uma ponta de areia de apenas 1 km, mas que possui uma bela vista para o pôr do sol.

Ponta de Muretá também é muito bonita, sendo uma praia extensa e dependendo da época em que você viajar poderá estar deserta, te dando uma maior oportunidade de desfrutar com exclusividade de sua beleza.

Encontre ofertas em seguro viagem para o Brasil na REAL SEGURO VIAGEM:

Seguro viagem brasil 468x60

2. Admirar a Beleza do Rio Tapajós

Imagem de barco no Rio Tapajós, em Alter do Chão, na cidade de Santarém, no Pará.
Foto: Rio Tapajós, Alter do Chão, Santarém, Pará – 1000 Dias

Alter do Chão assim como Belém se encontra às portas da Floresta Amazônica, sendo praticamente impossível ficar indiferente à bela natureza local.

O Rio Tapajós é um dos afluentes do grande Amazonas, e uma característica surpreendente nele são suas águas cristalinas e esverdeadas, algo incomum, uma vez que o Amazonas e a maior parte de seus afluentes possuem águas barrentas.

As águas do rio Tapajós não se misturam com a do Amazonas, devido às diferentes velocidades e densidade das correntes, assim como acontece com o Rio Negro (águas escuras) e Solimões (águas barrentas) em Manaus.

6 Motivos Para Realizar uma Viagem Para Manaus

Seja navegando ou nadando no Rio Tapajós você poderá admirar sua beleza e de quebra tirar lindas fotos para colocar em seu álbum de viagem.

3. Surpreender-se com o Lago Verde

Imagem do Lago Verde, em Alter do Chão, na cidade de Santarém, no Pará.
Foto: Lago Verde, Alter do Chão, Santarém, Pará – Verinha Tour

Outro belo lugar para conhecer é o Lago Verde, o qual é formado por várias nascentes de água cristalina. Como suas águas são claras dá pra ver o fundo do lago, que contém plantas coloridas e cardumes de peixes, proporcionando uma linda visão.

E para completar o incrível cenário ainda há a mata de Igapó, que se encontra ao redor do lago, que de tão bonita é conhecida como Floresta Encantada, a qual é possível conhecer em um passeio de barco. A época mais indicada para apreciar essa beleza é entre os meses de janeiro e julho, época de chuvas.

Encontre a hospedagem ideal para você no BOOKING.COM:

Booking.com

4. Apreciar os Passeios em Meio à Natureza

Imagem da Floresta Nacional dos Tapajós, em Alter do Chão, na cidade de Santarém, no Pará.
Foto: Floresta Nacional dos Tapajós, Alter do Chão, Santarém, Pará – Santarem Tur

Além das praias do Rio Tapajós e o Lago Verde, em Alter do Chão você ainda poderá realizar outros passeios em meio à natureza.

Poderá realizar passeios de barco, lancha (mais rápida), barcos a remo ou grandes barcos que podem comportar de 10 a 20 pessoas e conhecer melhor a bacia amazônica, realizar trilhas na floresta e admirar a bela natureza das matas e cachoeiras, e ainda se tiver sorte avistar algum animal da região.

Entre os mais belos lugares para se conhecer de Alter do Chão está a Floresta Nacional do Tapajós, mais conhecida como Flona. O lugar tem mais de 500 mil hectares, 300 espécies de aves e 400 de árvores, sendo que a mais impressionante é uma samaúma de mais de 60 metros de altura e quase mil anos de idade.

Os Igarapés também são ótimos lugares para serem visitados. Eles são formados pelas diversas nascentes que ficam próximas a Alter do Chão, formando belos canais que desembocam no rio. Ao redor deles há árvores e mata, sendo o lugar ideal para relaxar e tirar belas fotos.

Mas para aproveitar bem os passeios você deve escolher suas prioridades, caso queira aproveitar as praias de água doce, deve viajar para o local na época de seca, entre os meses de agosto a novembro.

Agora se prefere navegar no rio Tapajós, pelos igarapés e curtir o Lago Verde, a melhor época indica é a chuvosa, entre os meses de dezembro a julho.

7 Motivos Para Realizar uma Viagem para Amazonia

5. Conhecer a Festa do Sairé

A Festa do Sairé é o festival folclórico mais importante de Santarém. Ele costuma ocorrer em setembro, na alta temporada em Alter do Chão.

Durante a festa você poderá conferir a cultura e religiosidade local, sendo que muitos dos elementos que as compõem são mostrados no festival.

É na verdade uma grande mistura entre o catolicismo e as crenças indígenas, sendo que você poderá ver procissões e realização de rituais religiosos, grupos de cairibós e dramatizações de lendas urbanas, com pessoas usando fantasias de personagens famosos do folclore brasileiro como o boto amazônico.

Algo interessante para quem tem interesse em conhecer a cultura local, no entanto desgastante se você prefere sossego, já que na época a vila lota e as praias ficam muito cheias.

6. Visitar Santarém

Imagem da cidade de Santarém, no Pará.
Foto: Santarém, Pará – Skyscraper City

Você pode aproveitar sua viagem a Alter do Chão para passear em Santarém. Nela você verá uma bela arquitetura influenciada pela cultura portuguesa, conferir as lojas de artesanato compostas por belas peças de cerâmica, inspiradas na cultura tapajônica, além de roupas e acessórios feitos de fibras naturais.

No Mercado Municipal você poderá ver as diferentes frutas da região e conferir sua deliciosa culinária, a qual é composta especialmente por pratos preparados à base de peixe. Entre os mais usados estão pirarucu, tambaqui, acarí e tucunaré.

Assim como em Belém, a tacacá é famoso na cidade, sendo preparado com tucupi (erva da região), folhas de jambu, goma de tapioca, camarão e pimenta de cheiro.

7 Motivos Para Realizar uma Viagem Para Belém

7. Viajar em Baixa Temporada

Viajando em baixa temporada (fora dos meses de julho, setembro, dezembro e janeiro) além dos passeios você tem a oportunidade de conhecer melhor a cidade de Alter do Chão, podendo visitar sua pracinha, prestar atenção na rusticidade do lugar, onde há barcos simples de madeira e barracas cobertas de sapê.

Além disso, você se sentirá mais tranquilo para realizar os passeios e economizar em sua viagem, já que os valores dos serviços de viagem caem.

Outra coisa legal de fazer é visitar outros pontos da cidade de Santarém e aproveitar para conhecer melhor a região.

Dicas

Para chegar até Alter do Chão é preciso fazer escala em Belém (capital do Pará) e de lá viajar até Santarém, que conta com um aeroporto, que fica a apenas 33 km de Alter do Chão, sendo que você também pode se dirigir à cidade pela rodovia PA-457, que é asfaltada. Há possibilidade de ir de táxi, que não são muito baratos ou de ônibus que não oferece conforto para quem está com malas.

A alta temporada em Alter do Chão ocorre entre setembro e dezembro, quando as águas do rio Tapajós baixam e é possível aproveitar suas belas praias.

Quer conferir um relato legal de quem esteve na vila? Então dá uma olhada no artigo do Gustavo no blog Muita Viagem que está bem interessante.

Esperamos que as informações tenham ajudado.

Se tiver alguma dúvida, dica ou opinião fique à vontade para comentar.

E se curtiu o artigo, que tal compartilhar com os amigos?

Dessa forma você não só estará nós ajudando como também estaremos trazendo novos lugares que talvez você não conheça!

Fontes – Muita Viagem, Viagem Uol, Férias Brasil, G1, Wikipedia, Viaje Aqui Abril, Cia Eco Tur, Aprendiz de Viajante

 photo banner real seguro 468 x 60_zpsgvj8olhy.jpg

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!