Seguro viagem geral 728x90

10 Motivos Para Realizar Intercâmbio na Nova Zelândia

A Nova Zelândia é um dos países mais belos do mundo.

Essa nação foi uma das últimas a ser colonizada (século XVIII pelos ingleses), conquistando sua independência em 1931 e sendo reconhecida em 1947.

Por essa razão a Nova Zelândia mantém sua bela natureza preservada, apresentando uma boa diversidade de ambientes em um mesmo lugar, como vulcões, florestas, gêiseres, montanhas, lagos e praias, atraindo a atenção de amantes da natureza e aventureiros.

Mas estes não são os únicos motivos que levam muitos brasileiros a quererem realizar intercâmbio na Nova Zelândia. Este pequeno país formado por apenas duas ilhas tem muito mais a oferecer aos estudantes estrangeiros.

Quer saber por que estudar na Nova Zelândia?

Então confira 10 motivos que tem atraído estudantes estrangeiros para o país.

1. Sem Burocracia Para Viajar

Sabia que se você quiser ficar até 3 meses na Nova Zelândia não é necessário tirar visto de estudante?

Sim, basta retirar o passaporte de viagem (caso não tenha) e apresentá-lo juntamente com as passagens de ida e volta e comprovante de renda ao entrar no país. Legal, né?

E se você quiser ficar mais, não precisa se preocupar, pois o processo para a retirada do visto neozelandês é bem menos burocrático que outros países, como no caso do visto americano.

Encontre ofertas em seguro viagem para Oceania na REAL SEGURO VIAGEM:

Seguro viagem oceania 468x60

2. Cursos de Qualidade e Esportes Radicais

Imagem de barcos e pessoas à beira do lago Wakatipu na cidade de Queenstown, na Nova Zelândia.
Foto: Lago Wakatipu – Queenstown – Nova Zelândia – Pixabay

Na Nova Zelândia há muitos cursos de qualidade para intercâmbio. Sem dúvida os mais procurados são os cursos de inglês.

Geralmente muitos deles mesclam atividades extracurriculares bem convidativas para os estudantes estrangeiros, como a prática de esportes.

Já pensou praticar esportes radicais após as aulas e conhecer melhor as belezas e cultura do país?

Sim, a Nova Zelândia dá essa oportunidade aos intercambistas, oferecendo uma boa diversidade de atividades esportivas como esqui, snow board, golfe, biking, rafting, montain bike, caiaque, trilhas e montanhismo.

E se você curtir mesmo a prática de esportes radicais pode conferir os famosos bungee jumps da Nova Zelândia, como Auckland Harbour Bridge, Sky Jump, Kawarau Bridge Bungy e The Nevis Bungy que além de estarem entre os melhores do mundo exigem uma boa dose de coragem.

Além disso, o país também abre as portas para quem deseja cursar o ensino médio e superior, sendo que há oito universidades federais neozelandesas que oferecem cursos de graduação e pós-graduação de qualidade.

Entre as áreas que mais destacam na Nova Zelândia estão: agronomia, agricultura, medicina veterinária, ciências ambientais e turismo.

3. Oportunidade de Trabalhar Durante o Intercâmbio

Assim como o intercâmbio no Canadá, a Nova Zelândia também dá oportunidade para os intercambistas trabalharem.

Essa ação foi autorizada desde janeiro de 2014 a estudantes matriculados em cursos de 14 semanas ou mais.

No entanto é preciso seguir algumas regras. Durante o período de estudos o estudante deve trabalhar até 20 horas semanais, deve ter boas notas e cursar em escolas chanceladas pela NZQA (New Zealand Qualifications Authority).

4. Conhecer a Boa Hospitalidade dos Neozelandeses

O povo neozelandês, que se originou através da mistura entre a cultura maori (povo nativo do país) e inglesa, é bem hospitaleiro.

Os neozelandeses tem a fama de receberem bem os estrangeiros e serem educados e prestativos, além de gostarem de uma boa conversa.

Essas qualidades fazem com que os intercambistas se sintam mais à vontade e tenham o desejo de conhecer mais sobre o povo e cultura do país.

5. Apreciar a Natureza Contrastante do País

Imagem de Pista Kepler, na Nova Zelândia, um rio entre montanhas, sendo observado por um homem sentado em uma rocha.
Foto: Pista Kepler – Nova Zelândia – Pixabay

Desde que assistimos pela primeira vez a trilogia Senhor dos Anéis as paisagens da Nova Zelândia nos deixaram encantados.

Como dissemos anteriormente o país é formado por duas ilhas bem pequenas, as quais podem ser percorridas de diversas formas, desde aviões, carro a bicicletas.

Elas apresentam climas totalmente diferentes, por isso podemos encontrar lugares bem contrastantes, como vulcões, montanhas cobertas de neve, praias ensolaradas, formações rochosas interessantes, florestas e lagos de água cristalina.

Por isso fazer intercâmbio na Nova Zelândia pode ser uma boa oportunidade para conhecer os belos lugares do país e apreciar sua natureza única.

6. Melhor Qualidade de Vida

A Nova Zelândia ainda apresenta uma ótima qualidade de vida. Isso se deve à sua segurança, sendo que o país é considerado um dos mais seguros do mundo, além de um dos menos corruptos.

E também aos costumes saudáveis dos neozelandeses que praticam esportes regularmente, se alimentam de comidas leves e saudáveis, trabalham menos, levando uma vida mais modesta e menos consumista.

7. Custo Menor de Vida

Imagem da cidade de Queenstown na Nova Zelândia, pessoas andando em um centro com lanchonetes e lojas.
Foto: Queenstown – Nova Zelândia – Pixabay

Apesar da passagem para a Nova Zelândia ser bem salgada isso é compensado pelo custo de vida no país. Ele é bem menor se comparado a outros como Estados Unidos, por exemplo, uma vez que o dólar neozelandês é menos valorizado e há produtos mais baratos, já que são produzidos na própria Nova Zelândia.

Entre eles temos os vinhos que além de uma boa qualidade são encontrados em supermercados com preços convidativos.

8. Fácil Adaptação

Apesar de apresentar um clima mais contrastante que o Brasil é possível se adaptar bem na Nova Zelândia, uma vez que suas estações do ano ocorrem na mesma época de nosso país, já que ela também se encontra no Hemisfério Sul o que facilita muito.

Encontre a hospedagem ideal para você no BOOKING.COM:


Booking.com

9. Cidades Para Todos os Gostos e Interesses

Imagem de trecho da cidade de Wellington, capital da Nova Zelândia, um bondinho e a cidade com prédios, cercada pelo mar.
Foto: Wellington – Nova Zelândia – Pixabay

Não é só a natureza que diverge as cidades neozelandesas, mas suas próprias atrações e oportunidades, rendendo lugares para vários gostos e interesses.

Na Ilha Norte, as cidades mais procuradas são Auckland, que é o centro financeiro do país e Wellington, a capital da Nova Zelândia.

Se você fizer intercâmbio em Auckland encontrará gêiseres, vulcões (a maioria adormecidos) e ótimas oportunidades de emprego.

Wellington é voltada para os amantes das artes e música, uma vez que você encontrará o balé, a orquestra filarmônica e a produção cinematográfica neozelandesa. Além disso, os visitantes tem a oportunidade de conhecer melhor a cultura maori, sendo que a cidade guarda um grande museu que conta a história do povo nativo.

Já na Ilha Sul, as cidades mais visitadas são Queenstown e Christchurch. Queenstown é uma cidade pequena que se encontra à beira do lago Wakatipu e cercada por uma cordilheira de montanhas. Ela é bem procurada pelos praticantes de esportes radicais.

Por outro lado Christichurch é a cidade mais inglesa fora da Inglaterra, cuja arquitetura chama a atenção dos visitantes.

Mas independente da cidade em que você se hospede, devido à pequena extensão da Nova Zelândia é possível organizar passeios para visitar outras cidades e assim ter o privilégio de conhecer melhor o país e saber por que ele tem chamado tanto a atenção dos intercambistas.

10. Oportunidade de Conhecer Lugares Exóticos

Imagem de paisagem na Nova Caledônia, por do sol no mar.
Foto: Nova Caledônia – Pixabay

A Nova Zelândia possui uma localização privilegiada, pois se encontra próxima a alguns lugares exóticos e que com certeza valem a visita, como Nova Caledônia, um pequeno arquipélago próximo à Oceania, que é colônia da França há 150 anos e se encontra a 2 mil km da Nova Zelândia. O lugar guarda muitas belezas naturais e uma cultura interessante do povo nativo Kanaki.

Outro lugar exótico e próximo à Nova Zelândia é Fiji, um país insular que se encontra no Oceano Pacífico e contém 332 ilhas. Um lugar muito bonito e que chama a atenção dos apaixonados por esportes náuticos como surf, canoagem, mergulho, entre outros.

E também Tonga, um país da Oceania que contém 177 ilhas e fica a três horas de voo da Nova Zelândia. É o lugar ideal para praticar esportes aquáticos e observar a passagem das baleias jubarte, pois todos os anos entre maio e setembro esses mamíferos passam pelas ilhas de Tonga para acasalar e ter seus filhotes.

Por isso durante as férias do seu curso, além de conhecer melhor a Nova Zelândia você pode aproveitar e visitar esses lugares e assim enriquecer ainda mais sua viagem.

Se quiser saber mais detalhes sobre o intercâmbio no país confira nosso artigo Como Funciona o Intercâmbio na Nova Zelândia?

Esperamos que você tenha gostado das informações. Caso tenha alguma dúvida ou queira contar alguma experiência no país, deixe um comentário.

Fontes – Blog Descubra o Mundo, World Study, Experimento, Information Planet, Egali, Wikipedia

Gostou do artigo? Então compartilhe com os amigos nas redes sociais:

 photo banner real seguro 468 x 60_zpsgvj8olhy.jpg
2 Comments

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!